Coloque seu código abaixo para acessar o conteúdo exclusivo:


Marcelo Spalding é escritor, jornalista e professor. Publicou seu primeiro livro aos 17 anos e de lá para cá já lançou mais de 7 livros individuais, além de ser o idealizador do Movimento Literatura Digital. >> mais


Deixe seu comentários para o autor. É desse incentivo que se alimenta um escritor.

 


Espaço do Professor

Professor, se você deseja receber uma cópia impressa do livro
sem custos para avaliar, clique aqui.

Abaixo também reproduzimos algumas ideias de atividades para você desenvolver com sua turma a partir das reflexões e histórias propostas pelo livro. Fique à vontade para nos mandar suas fotos ou sugestões de atividades.


Sugestões de Atividades

Aqui vamos dar algumas sugestões por disciplinas, mas o trabalho com o livro Vencer por Linhas Tortas pode ser desenvolvido de forma multidisciplinar:

Filosofia / Ensino Religioso

O tema central do livro é a ética, a partir de uma pergunta que não aparece textualmente, mas permeia toda a história: vale tudo para vencer na vida? O que é vencer, afinal?

Em uma geração com valores tão confusos, tão incentivada pela mídia a ter mais dinheiro, fazer mais sucesso, se destacar, lidar com essa temática é fundamental para a formação do jovem, e certamente disciplinas como filosofia e ensino religioso têm feito isso.

Como o livro tem finais diferentes de acordo com as escolhas que os jovens fazem ao longo da leitura, uma sugestão de atividade é contar a história para eles e pedir que eles mesmos sigam a leitura em seus livros, escolhendo seus caminhos. Ao final, pode-se criar quartetos com um aluno que seguiu cada caminho para que eles reflitam sobre as consequências de escolher este ou aquele caminho.


Língua Portuguesa e Produção Textual

A leitura é a base do ensino de língua portuguesa, então nem precisamos justificar muito a pertinência de trabalhar com a leitura do livro nesta disciplina. Entretanto, é possível que o professor aproveite o formato interativo do livro para propor aos alunos a escrita de finais alternativos, incentivando a interpretação de texto e, o mais importante, a escrita criativa.

Uma das possibilidades é o professor construir com eles alternativas diferentes das propostas no livro, e a partir daí eles produzirem os finais alternativos.


Estudos Sociais (História e Geografia)

Ilhas Tortas, o país fictício criado para o livro, é inspirado na geografia de países africanos que falam português. Dessa forma, uma sugestão é partir desse gancho para apresentar aos alunos estes países, de histórias tão ricas. Aqui no site há uma seção falando especificamente sobre isso.

Além dessa inspiração, as fotos que ilustram esta edição foram feitas em localidades de Santa Catarina. Utilizando mapas e, se possível, o próprio Google Maps, o professor pode passear com os alunos pelas localidades, falar da história dos portugueses no Brasil a partir das imagens de Santo Antônio de Lisboa e da beleza das praias catarinenses (inclusive quebrando um pouco a boba rivalidade entre catarinenses e gaúchos).


Informática

A maioria das escolas que trabalha com Laboratório de Informática faz isso de forma integrada a outras disciplinas. Dessa forma, é altamente aconselhável levar os estudantes para o laboratório para que visitem o site do livro, acessem os conteúdos exclusivos com os códigos impressos no livro e façam pesquisas na internet sobre os temas por eles abordados.

No site eles também podem enviar recados para o autor pelo Mural, participar da promoção que estiver no ar e conhecer outros trabalhos do autor através do seu site.

Outra sugestão é trabalhar com a aplicação de filtros criativos em fotografias, como foi feito para a edição do livro. Um site gratuito e fácil de usar para isso é o PIXLR (http://apps.pixlr.com/editor/).


Educação Física

O professor de Educação Física, como se sabe, tem como maior função promover a saúde e o bem estar dos jovens. Dessa forma, o professor pode aproveitar a leitura do livro para incentivá-los a pesquisar sobre grandes esportistas brasileiros, discutir os limites da vitória, o perigo do doping e a importância da superação.

Uma atividade possível é pedir que os alunos tragam exemplos de fair play esportivo e comparar esses exemplos com as escolhas feitas pelo leitor no livro.


Ciências

O livro é uma ótima oportunidade para os professores de ciências falarem sobre medicamentos, muitas vezes utilizados sem prescrição médica, e especialmente sobre o doping, ressaltando as diferenças e semelhanças entre doping, anabolizante e suplemento alimentar.

O professor também pode aproveitar a obra para falar sobre o comportamento do corpo humano diante do esforço físico, refletindo com os jovens sobre as melhores práticas para a atividade física, como beber água, repousar, evitar trabalho com peso para quem está em desenvolvimento, etc.


Artes

Este livro tem um trabalho cuidadoso de diagramação, com o uso de fotografias manipuladas digitalmente, além das ilustrações. A sugestão é que os professores aproveitem o livro para promover um festival de fotografias entre os alunos, por exemplo com o tema Ética, Esporte, Competição, etc.

Outras atividades que já foram desenvolvidas por professores de artes a partir do livro incluem a produção de cartazes sobre doping, propostas de novas ilustrações para o livro e maquetes representando o local das competições (veja exemplo na imagem abaixo).



Marcelo Spalding

 


capa | apresentação | posfácio | o autor | espaço do professor | mural de recados | fotografias | comprar o livro | contato

Página criada pela wwlivros - agência de edição e divulgação de livros e autores